Tem Que Ser Tão: Vertaling in Nederlands en tekst - Vitor Rocha

De vertaling van Tem Que Ser Tão - Vitor Rocha in Nederlands en de originele liedteks
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Italiaans en teks - Vitor Rocha Italiaans
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Engels en teks - Vitor Rocha Engels
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Spaans en teks - Vitor Rocha Spaans
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Frans en teks - Vitor Rocha Frans
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Duits en teks - Vitor Rocha Duits
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Russish en teks - Vitor Rocha Russish
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Nederlands en teks - Vitor Rocha Nederlands
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Zweeds en teks - Vitor Rocha Zweeds
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Noors en teks - Vitor Rocha Noors
Tem Que Ser Tão: Vertaling in Deens en teks - Vitor Rocha Deens
Hieronder vindt u teksten , muziekvideo en vertaling van Tem Que Ser Tão - Vitor Rocha in verschillende talen. De muziekvideo met het audiotrack van het nummer wordt automatisch rechtsonder gestart. Om de vertaling te verbeteren kunt u deze link volgen of op de blauwe knop onderaan drukken.

Liedtekst Tem Que Ser Tão
van Vitor Rocha

OSVALDO
Eu vou contar uma história
Que eu não sei como começa
Eu vou contar uma história
Que eu não sei qual é o fim

Eu vou buscar na memória
E vou rimando sem pressa
Pois quando eu falo do mundo
Revelo o que há em mim

DOROTÉIA: Oxente, você nem sabe a história que vai contar?
OSVALDO: Eu sei a história que vou contar, o que eu não sei é a história que você vai ouvir

História boa de se contar
É conto que a gente não conta só
É de braço dado, de laço e nó
Que a linha da vida fica maior

Conto com você pra me ajudar
Sorte nessa vida é compartilhar
É aí que mora, ai, ai,
O borogodó

DOROTÉIA: Eu? Como eu vou ajudar a contar a história?
OSVALDO: É sobre isso mesmo que fala essa lenda. A história do Mágico Di Ó!
DOROTÉIA: Mágico? Tenha dó!
OSVALDO: Como é?
DOROTÉIA: Isso não existe não…
OSVALDO: Sabe que falando assim, tu fica até meio parecida com a protagonista?
DOROTÉIA: Fico, é?
OSVALDO: Sim! O jeito, o cabelo, o sorriso. Até os pulmão lembram um pouquinho
DOROTÉIA: Oxe
OSVALDO: E eu sei que lá no fundo ela sonha com alguma coisa muito especial

Todo mundo, no fundo, sempre traz consigo
Um sonho, uma vontade de querer ser
Quem disser que não é que tá mentindo
Ou então precisando parar pra ver

OSVALDO: Preste atenção, Dorotéia, é preciso fechar os olhos pra ver direito, ou melhor, pra ver como quiser ver…
DOROTÉIA: Ô, fulerage, agora ele vai dizer que essa história se passa num reino encantado…
OSVALDO: Exatamente!
DOROTÉIA: É o que?
OSVALDO: Um terra cheia de magia, berço da arte e tanta história bonita… Um reino chamado Nordeste brasileiro!
DOROTÉIA: Aqui?
OSVALDO: Um reino encantado, porém enfeitiçado por um maldição
DOROTÉIA: Que maldição?
OSVALDO: Uma maldição que levou toda a água dessa terra embora e ali fez ser um lugar tão sofrido, ser tão amargo e ser tão triste, que lhe deram o nome de ser-tão

OSVALDO
Eu vou lhe pedir pra não enxugar
O choro que talvez venha por aí
O que o nosso cenário mais carece
É de alguém que o regue pra florir
E pra viver aqui

Tem que ser tão firme
Tem que ser tão forte
Onde sonhar é crime

E esperar é morte

Tem que ser tão duro
Tem que ser tão bravo
Onde não tem futuro
O povo nasce escravo

OSVALDO: No sertão é assim: é um ser-tão sem fim

CORO
Tem que ser tão
Tem que ser tão
Tem que ser tão
Tem que ser tã

OSVALDO: E o povo que vivia ali foi se enganando, se acomodando e se encostando. Óia só que ironia: até mesmo a sede por felicidade foi-se embora, o povo foi-se embora. E a esperança ficou lá fora no portão batendo palma, pedindo pra entrar. Mas só que ninguém mais vê razão pra acreditar, nem mesmo a protagonista…
DOROTÉIA: Mas tu disse que ela sonhava com alguma coisa muito especial!
OSVALDO: E sonha!
DOROTÉIA: Com o quê?
OSVALDO: Me diga você que parece ser tão parecida com ela
DOROTÉIA: Eu não sei!
OSVALDO: Ah, que pena! Então parece que a história termina

DOROTÉIA
Eu vou contar uma história
Que eu não sei como começa
Eu vou contar uma história
Que eu não sei qual é o fim

Eu vou contar uma história
Que eu não sei se interessa
Mas essa é a minha história
E eu vou contar mesmo assim

CORO
Tem que ser tão
Tem que ser tão
Tem que ser tão
Tem que ser tã

OSVALDO: Então eu vou lhe dar uma história de verdade, mas não se esqueça: a realidade é uma coisa muito relativa

DOROTÉIA
No sertão é assim

CORO
Tem que ser tão
Tem que ser tão
Tem que ser tão
Tem que ser tã

OSVALDO: Voar pra gente é impossível e mamão com açúcar pra patativa

DOROTÉIA
É um ser tão sem fim

CORO
Tem que ser tão!

Vertaling in Nederlands van de liedje
Tem Que Ser Tão van Vitor Rocha


Verbeter deze vertaling

Door gebrek aan tijd en mensen, worden er veel vertalingen gemaakt met de automatische vertaler.
We weten dat dit niet de beste is, maar het is genoeg om het duidelijk te maken aan degenen die ons bezoeken. van het liedje.
Met uw hulp en die van de andere bezoekers kunnen we van deze site een referentie maken voor de vertalingen van liedjes.
U wilt uw bijdrage aan het nummer geven Tem Que Ser Tão We zijn gelukkig!

Vitor Rocha

Tem Que Ser Tão: vertaling en teks - Vitor Rocha

Tem Que Ser Tão

Tem Que Ser Tão is de nieuwe single vanVitor Rocha afkomstig van het album 'O Mágico di Ó - O Clássico em Forma de Cordel' gepubliceerd Dinsdag 30 Juni 2020.

Dit is de lijst van de 11 liedjes waaruit het album bestaat. Jullie kunnen erop klikken om de vertaling en de tekst te zien.

Hier is een lijstje met de liedjes die zou kunnen beslissen om te zingen, ook het album waaruit elk liedje afkomstig is, wordt weergegeven:
  • Tem Que Ser Tão

Andere albums van Vitor Rocha

We willen enkele van zijn andere albums herinneren die hieraan voorafgingen: Se Essa Lua Fosse Minha.

laatste vertalingen en teksten van Vitor Rocha

Laatste vertalingen en ingevulde teksten

Meest bekeken vertalingen deze week

Tot nu toe heb je
155
vertalingen van liedjes verbeterd
Bedankt!